sábado, 26 de novembro de 2016

Maratona Azerveira 2016


No passado domingo o nosso recente atleta David Baião dirigiu-se a Azerveira para cumprir os 35km da meia maratona.
Com o arranque previsto para as 9h30 ,as condições meteorológicas já não eram as melhores , o vento, chuva e o frio marcavam bem a sua presença.
Porém a prova estava muito bem organizada ,com almoço de categoria, os atletas eram também recebidos com simplicidade e simpatia. Todo o staff está  de parabéns visto ser a estreia nestas andanças.
O terreno encontrava-se bem pesado, areia, lama e poças de agua que "engoliam" os atletas...
Prova com inicio a descer e de seguida rolante com os adversários a estarem à altura apesar de estarmos em "pré-época"... até que na primeira subida o David foi forte e ficou um grupo de 6 a 7 atletas. Com uma tentativa de fuga de 1 elite(atleta até 29anosde idade),foi fazer o melhor possível e assegurar a melhor posição.
Fez com que o David pudesse chegar à meta em 2º Geral,e 1ºVet A na vertente Meia Maratona.




quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Areal Vai A A-dos-Cunhados fechar a taça Joaquim Agostinho com pódio!

Foi este domingo que terminou a Taça Joaquim Agostinho em BTT!

A ultima etapa ocorreu na localidade A-dos-Cunhados perto de Torres Vedras.



Esta ultima etapa foi um grande "turbilhão" de acontecimentos. O nosso atleta Luís Carvalho estava em prova para se sagrar campeão. Porém a concorrência estava já ali a escassos pontos. E um rasgão no pneu deitou por terra esse objectivo. Porém o colega recém chegado David Baião mostrou que o seu espírito está já bem integrado nesta equipa, e desistiu do seu objectivo para ajudar o Luis a reparar o furo da sua bicicleta para tentar correr atrás do prejuízo. Isso fez que o Luís apesar do grande azar tenha conseguido um exelente 3º lugar na Taça Joaquim Agostinho no escalão em Veteranos B na vertente Meia Maratona. O David Baião Também conseguiu um 6º Lugar no escalão Veteranos A na vertente Meia Maratona!







Quanto aos atletas da vertente Maratona, o João Santos e o Roberto Ferreira, conseguiram terminar esta etapa em 16º e 12º do escalão de Elites.
O João terminou assim a taça em 19º Lugar enquanto o Roberto conseguiu um 15º lugar, ambos no escalão Elites na vertente Maratona.

Quanto à etapa de À-dos-Cunhados é uma das mais exigentes tecnicamente, mas a mais divertida com os seus singletracks infindáveis!

Taça Joaquim Agostinho, até 2017!

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Terras do Toiro - Porto Alto

Foi este domingo que a nossa equipa se deslocou representada por 3 atletas a Porto Alto competir na meia maratona intitulada como "Terras do Toiro"

Os atletas presentes na competição foram: Márcio Lopes, Luís Carvalho e Pedro Alegre.

Esta foi uma maratona bem organizada. É conhecida por ser muito rápida e rolante devido à pouca diferença altimétrica da zona.
Porém todos os atletas em prova tiveram de ultrapassar um terreno pesado, isto pois estava muito molhado devido às chuvas dos últimos dias. O que no fim deu mais competitividade à prova.





O atleta Márcio Lopes optou por um inicio rápido pois como já dito, o terreno assim o "chamava" a fazer. Porém como todos ps atletas acabou por ir abrandando o ritmo devido ao peso do terreno. Terminou os 35km a que se propôs em 1 hora e 21 minutos e fez 49º na geral.

O Luís Carvalho foi sempre bem posicionado. Este não se importou com o peso do terreno, porém como ia no grupo da frente viu-se com os outros atletas do grupo, obrigado a fazer uma autentica chicana a fugir dos lagostins que estavam ariscos com as pinças levantadas, prontas para furar os pneus a quem os "atropela-se". No fundo "nós betetistas" é que vamos ao território deles. :)
Fora de brincadeiras, o Luís conseguiu manter-se sempre no grupo da frente e fez um magnifico 9º lugar na geral dos 35km.

Quanto ao nosso atleta Pedro Alegre concluiu os 35km em 1 hora e 16 minutos e classificou-se em 23º lugar na geral.
Os Atletas Acácio, João e Nuno foram apenas ter a Porto Alto de bicicleta servindo de treino e de apoio aos colegas de equipa.


Agradecemos a todos os patrocinadores e amigos. Que no fundo são sempre os pilares da nossa existência. 

3 Horas Resistência Unicef/Santos e Silva - IV Troféu Btt do Oeste

Foi no passado dia 16 deste mês que terminou o IV Troféu Btt do Oeste, e como de costume
o mesmo teve lugar na localidade da Benedita, as 3 Horas Resistência Unicef/Santos e Silva contaram contou com cerca de 300 participantes, os mesmos poderão optar por realizar 2 horas (meia-maratona) ou 3 horas (maratona).
Os nossos atletas dividiram-se entre as duas distâncias, com o Marco Tavares e o João Paulo
a participarem nas 3 horas e o David Moura, Pedro Alegre, Vando Ferreira e o Márcio Lopes nas 2 horas, o nosso atleta Acácio Brilha que também está neste troféu optou por não participar nesta prova.

Resultados da Maratona:

Marco Tavares terminou a resistência com 7 voltas em 12º lugar Vet B com um tempo de 03:19h
João Paulo terminou a resistência com 8 voltas em 10º lugar Elites com um tempo de 03:23h

Resultados da Meia Maratona:

David Moura terminou a resistência com 6 voltas em 7º lugar Vet B com um tempo de 02:20h
Pedro Alegre terminou a resistência com 6 voltas em 17º lugar Vet A com um tempo de 02:23h
Vando Ferreira terminou a resistência com 5 voltas em 18º lugar Elites com um tempo de 02:00h
Márcio Lopes terminou a resistência com 4 voltas em 24º lugar Elites com um tempo de 02:00h

Resultados finais do IV Troféu Btt do Oeste:

Maratona:

Marco Tavares: 14º lugar em Vet B

João Paulo: 7º lugar  Elites

Meia Maratona:

David Moura: 10º lugar em Vet B

Pedro Alegre: 23º lugar em Vet A


Acácio Brilha: 39º lugar em Vet A


Vando Ferreira: 12º lugar em Elites

Márcio Lopes: 26º lugar em Elites




A nossa equipa agradece a todos que participaram neste Troféu!

.

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Maratona Btt Óbidos-MOBI

No passado domingo a nossa equipa esteve presente na 4º prova de Btt Troféu do Oeste, a mesma realizou-se na localidade de Óbidos. Este evento contou com duas distâncias, e os cerca de 600 participantes poderão optar pela meia maratona (40kms) e pela maratona (60kms). No que diz respeito aos nossos atletas estão todos de parabéns, pois todos eles conseguiram terminar a Maratona Btt Óbidos – MOBI com os seguintes resultados.

Meia-maratona
Luís Carvalho: 21º Geral - 01:47h - 3º Veterano B
David Moura: 83º Geral – 02:05h – 18º Veterano B
Pedro Alegre: 89º Geral – 02:06h – 34º Veterano A
Acácio Brilha: 138º Geral – 02:15h – 54º Veterano A

Vando Ferreira: 152º Geral – 02:17h – 24º Sub23+Elite
Márcio Lopez: 218º Geral – 02:40h – 30º Sub23+Elite

Maratona
João Paulo: 50º Geral – 03:23h – 8º Sub23+Elite
Marco Tavares: 79 Geral – 03:49 – 29º Veterano B



Para terminar resta-nos agradecer a presença dos nossos atletas neste evento, e também dar os parabéns à organização pela excelente manhã de convívio que proporcionou aos nossos atletas.
Venha a próxima!



segunda-feira, 12 de setembro de 2016

ArealBike no Douro Bike Race


O Douro Bike Race é intitulada como a mais dura prova por etapas de btt da Europa!
Além da mais dura é uma prova especial com um ambiente mágico.
Como tal é muito difícil para amadores conseguirem através da escrita exprimir o que se passou durante os quatro dias do DBR.
O nosso atleta presente foi o João Santos.

Então transcrevo o texto seguinte que é de fonte profissional, mais concretamente da revista o praticante. http://www.opraticante.pt/bttistas-dum-reino-maravilhoso-dbr/

"A Douro Bike Race (DBR) nasceu e cresceu fruto da paixão pela bicicleta e pela região que abrange – Serra da Aboboreira, Serra do Marão e Serra do Alvão.

Este ano a DBR regressa à Nexplore, que se comprometeu com o objectivo de trazer de volta uma das mais apaixonantes provas por etapas do mundo.

Na quinta-feira pela manhã já se sente o fervilhar do DBR, tudo se ergue para receber os atletas, arcos de meta, bandeiras, cartazes, fitas a marcar o Prólogo, que no primeiro dia nos dá a conhecer alguns dos recantos de Amarante numa distância de 6 km.

Primeiro dia de etapas da DBR
Primeiro dia de etapas e é a Serra do Marão que nos espera ao longo de 95 km com 3000 mts de desnível para “trepar” a tarefa que se prevê é desafiante. Ao iniciar a prova, o nervoso miudinho desaparece, assim que começamos a subir em direcção ao Parque Eólico do Marão, as primeiras paisagens avassaladoras, montanhas sem fim, que prazer é estar ali a pedalar, ainda bem que vim. Lá bem do cimo e no meio das torres Eólicas, descemos a grande velocidade, até à aldeia da Ferraria, o próximo desafio é uma das subidas mais duras da prova, “O Muro da Ferraria”, 1000 mts de desnível a vencer em cerca de 8 km, que marretada!



Respirar um pouco da paisagem ajuda até ao último abastecimento, água, sais, sumos doces e salgados é só escolher o que o corpo quer comer, os abastecimentos são como pequenos manjares, mas já só se pensa em voltar a ver Amarante, por entre single tracks chegamos finalmente. Na meta está a Luli Cox para nos receber, que energia tem esta mulher, é incrível a forma como somos acolhidos por todos, mas naqueles momentos seguintes, pensas, ainda tenho mais 2 dias de DBR, será que amanhã me consigo equilibrar na bicicleta? Espero que sim.




Alvorada é ainda mais cedo
Ao terceiro dia de prova a alvorada é ainda mais cedo, a prova arranca às 8:00 para a etapa rainha, Serra do Alvão, o briefing da noite anterior revelou que o o calor vai ser um dos inimigos, mais de 40º de máxima, os rock gardens são caminhos a percorrer, e as subidas sem sombra são os desafios a superar. São 90 Km com mais de 3300 mts de desnível para subir, subir, subir… Rápidamente passamos dos estradões de terra batida a caminhos de xisto lascados da Serra do Alvão, que cenário…

Reino é dos Infernos
Há vacas a percorrerem as paisagens do Reino Maravilhoso que Miguel Torga nos falava, e que reino, por momentos julgamos que o reino é dos Infernos tal é o calor que sentimos, a água parece que nunca chega e as descidas quase que são mais penosas que as subidas!




Finalmente algum conforto… depois do segundo abastecimento, onde amigos me esperavam para dar aquela SUPER força extra, obrigado malta, percorremos estradões que contornam as montanhas, a paisagem é digna de paragem para respirar tudo aquilo que nos rodeia…

Fisgas do Ermelo, o Monte farinha, e finalmente a passagem pelo Rio, que desafio… ao fim daqueles km, a levar a bicicleta ás costas e atravessar o rio agarrado a uma corda… mas, que bem que sabe a água fria nas pernas! Rápidamente o rumo é a meta, a festa, a energia o copo de cola com gelo à chegada… Que desafio foi este dia, que empeno monumental, que bom é chegar! Já só falta um dia.

No 4º e último dia, já só pensamos em cortar a meta… a Serra da Aboboreira e os 55 km não vão ser fáceis, pois metade são a subir num total de 1600 mts de desnível positivo… 3 quedas nos single tracks (deliciosos), quase seguidas, dão os sinais que o cansaço já é grande, mas a vontade de terminar a prova é ainda maior, que diversão, por momentos até esquecemos os km que já temos nas pernas, mas eis que tudo se resume a subir, Aboboreira acima, esta serra de pequena não tem nada! Finalmente o abastecimento, 10 minutos para respirar e abastecer, os abastecimentos foram fantásticos ao longo de toda a prova, a animação do STAFF que nos atestava os bidons era um verdadeiro PIT STOP!

Mas chega de comer e beber, a descida do alto da Aboboreira é cheia de adrenalina, parece uma montanha Russa… single tracks, estrada, caminho, pedras drops… esta descida era digna de um prova de DownHill, mas hoje foram destas rijas bicicletas e destes duros BTTistas.

A ultima travessia da Ponte de São Gonçalo liberta o sorriso de vitória, de conquista de orgulho, a medalha de Finisher é a peça que nos falta nesta viagem ao Reino Maravilhoso.

A Nexplore comprometeu e cumpriu. Só há uma coisa a pensar ARE YOU READY #DBR2017."

"Texto de Carlos Augusto"
(João Santos)


 Depois da medalha de finisher do DBR estar na vitrina da nossa cede a próxima grande aventura será de Madrid a Lisboa! Em modo non stop. Desta vez o atleta será o Roberto Ferreira.
Em 2017 estes dois atletas focados nas grandes distancias irão representar o ArealBike noutro continente! Brasil Ride vai ser a grande aventura em dupla. Novidades sobre isto em breve.

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Reforço para a nova época que se avizinha!

Temos um novo membro da equipa.
O David Baião, ex atleta dos nossos amigos do Grupo Desportivo Marmeleirense.
O David entra cheio de vontade de ajudar o Areal em todos os sentidos. Quer desportivamente quer socialmente, pois é um atleta que gosta de andar em grupo, mesmo sendo muito competitivo.

Nós, ArealBike acolhemos este novo atleta com todo o gosto.



-David contamos contigo para ir cada vez mais alto e representar cada vez melhor o BTT em Alenquer!